O Mito da Barriga Lisa

Quando estamos completamente relaxados, é natural notar uma elevação em nosso estômago ao vê-lo de cima ou lateralmente. Esta gordurinha não está apenas relacionada ao tipo de corpo ou gordura corporal, mas pode ser ocasionada por uma série de fatores, como inclinação pélvica anterior, certos alimentos, retenção de líquidos e a maneira como seu corpo responde ao exercício.

Porém, para alguns, conhecer esses fatores nem sempre é o suficiente para ignorar a autoestima negativa ou suprimir o desejo de obter um abdômen plano. Quando fotos de fisiculturas de barriga lisa estão espalhadas por toda a mídia, vemo-nos colocando essa barriga lisa como nosso objetivo final. Dito isso, é benéfico e empoderador saber mais sobre porque seu estômago se sobressai na parte inferior e como usar esse conhecimento para atingir seu objetivo físico.

flat-tummy-girl-kitchen-cooking

Inclinação pélvica anterior

Vamos começar falando sobre como a inclinação pélvica anterior afeta a aparência do seu estômago. A inclinação pélvica anterior acontece quando a pélvis se inclina para a frente em direção aos dedos dos pés, em vez de estar reta de cima a baixo. Essa inclinação faz com que tanto o bumbum quanto o estômago se sobressaiam, aumentando a aparência de cada um.

Para a maioria das pessoas, a inclinação pélvica anterior pode ser corrigida ao longo do tempo, uma vez que é causada por tensão nos flexores do quadril, quadríceps e eretores da coluna vertebral, ou fraqueza nos glúteos e isquiotibiais. Com isso em mente, integrar exercícios de alongamento e força em sua rotina de treinos deve ajudar a melhorar essas áreas. Segue abaixo uma rápida rotina para ajudar na correção da inclinação pélvica anterior:

  • Comece com um aquecimento
  • Lunges (3, 30 segundos em cada perna)
  • Alongamento de quadríceps deitado (3 x 30 segundos em cada perna)
  • Postura Gato/Vaca (3 séries de 10 repetições)
  • Pontes de glúteo (3 séries de 10 repetições)
  • Prancha (3 séries de 10 repetições)
watermelon-banana-smoothie

Nutrição importa

Você já terminou uma refeição e pensou: “Por que meu estômago está cheio como se eu estivesse grávida?!” Ei, não fique bravo conosco, sabemos que a maioria de vocês está fazendo perguntas como esta, o Google está aí para provar. Portanto, ignore este sentimento se estiver, de fato, grávida. De qualquer forma, o inchaço pós-refeição acontece quando você come uma muito, independentemente se for algo saudável ou não. É um sinal de que seu corpo está trabalhando duro para digerir.

É importante mencionar que esse tipo de inchaço também pode ser o modo como seu corpo reage a determinados alimentos. Alguns alimentos causam inchaço (salgadinhos, como batatas fritas, pretzels e pipoca) e retenção de água, o que faz com que a área do estômago pareça maior do que realmente é.

Para evitar o inchaço indesejado, sugerimos que você evite os seguintes grupos de alimentos ao planejar um dia na praia ou quando estiver em uma situação em que deseja se sentir melhor:

  • Alimentos com alto teor de sódio: Grandes quantidades de sódio estimulam o corpo a reter água. Essa retenção de líquidos pode fazer seus músculos parecerem menos definidos e seu estômago maior do que realmente é. Beba muita água para neutralizar esse efeito.
  • Laticínios: Algumas pessoas são intolerantes à lactose e não sabem. Se você for, a lactose (açúcar composto de galactose e glicose) no leite, iogurte e queijo pode fazer você inchar, deixando seu estômago com um aspecto maior.
  • Refrigerante: Os gases da carbonatação dessas bebidas podem se acumular no seu estômago, levando a inchaço e gases.
  • Alimentos sem açúcar: Em alguns casos, sem açúcar é melhor que com açúcar, mas não quando se trata de saúde intestinal. Alimentos sem açúcar são, muitas vezes, adoçados com álcoois de açúcar, o que pode levar a dor de estômago e – você adivinhou – inchaço.
  • Alergias ou sensibilidades: Algumas pessoas podem ter sensibilidades para alimentos como peixes, moluscos, nozes, soja, trigo e ovos, o que pode causar inflamação e problemas digestivos. Se você estiver se perguntando se pode ou não ter sensibilidade alimentar, registre suas refeições em seu aplicativo ou mantenha um diário de alimentação.
  • Alimentos ricos em fibras (feijões, lentilhas, legumes): A fibra é muito boa para o seu intestino, mas se o seu corpo não estiver acostumado, pode levar algum tempo para o sistema digestivo se ajustar. Tente aumentar o consumo lentamente, cozinhando vegetais ricos em fibras e bebendo muita água.
  • Bactéria ruim: O uso excessivo de antibióticos, alimentos processados e açúcar pode causar o desenvolvimento de bactérias não saudáveis no intestino. O resultado é inchaço e frequentes corridas ao banheiro. Tente adicionar prebióticos às suas refeições (alho cru, alho-poró, cebola, espargos, farelo de trigo) para alimentar as bactérias saudáveis, e probióticos (iogurte sem açúcar, kimchi, chucrute, missô) para adicionar mais bactérias saudáveis à sua dieta e manter seu intestino feliz.
plank-exercise-flat-tummy

Como o exercício afeta a aparência do estômago

Outra pergunta frequentes é: “Os exercícios abdominais podem fazer com que o seu estômago se sobressaia?” A resposta é sim. Pode parecer contraditório, já que a maioria das pessoas se exercita para emagrecer, mas às vezes o exercício pode ser o culpado por trás de uma barriga protuberante.

Quando você começa a se exercitar, essa protuberância costuma ser inevitável. O exercício quebra as fibras musculares através da hipertrofia e, em seguida, constrói-as novamente, maiores e mais fortes. Isso não é algo para se temer. Contanto que você mantenha uma ingestão de calorias suficiente para manutenção de seu peso corporal ou um pouco abaixo dele (o plano de refeição da 8fit faz isso para você), seu abdômen não inchará ou crescerá significativamente.

Se o seu objetivo é perder gordura, a ingestão calórica torna-se mais importante. Por exemplo, se você comer mais calorias do que queima, a gordura continuará a se acumular em cima dos músculos abdominais. Apesar de não recomendarmos a contagem de calorias obsessivamente aqui na 8fit, o que você coloca no seu corpo é importante. Considere diminuir sua faixa de calorias ligeiramente abaixo do nível de manutenção e siga seu plano de refeições para possibilitar a perda de gordura.

A chave para uma barriga lisa

Quando você faz o download do aplicativo 8fit, nossa primeira preocupação é entender seu objetivo. Suas opções incluem perder gordura, ficar mais em forma e ganhar músculos. Conseguir uma “barriga lisa” não é uma opção porque a) não é tão fácil assim e b) o foco do 8fit é criar um estilo de vida saudável, e uma barriga lisa nem sempre se correlaciona com saúde e bem-estar. Sendo assim, nós não acreditamos que esse deveria ser o seu objetivo final. Nossa própria treinadora, Marife, tem experiência com isso. Ela diz, “A frase “abdômen é feito na cozinha” é 100% verdadeira. Você pode trabalhar em seu núcleo e construir músculos, mas se sua dieta é cheia de carboidratos refinados e açúcar, em vez de alimentos integrais saudáveis, você não verá seu resultado em seu esforço. Lembre-se, você não pode ter uma dieta ruim.

O mais importante é que você se sinta bem – mental e fisicamente.

Aqui estão alguns mitos da barriga lisa:

  • Mito #1: Realizar 1.000 flexões levará a um abdômen plano.
    Realidade: Nenhuma quantidade de flexões levará a uma barriga lisa, mas elas ajudarão a fortalecer seu núcleo.
  • Mito #2: O crescimento muscular na região abdominal também reduz a gordura nessa região. Realidade: à medida que você fica mais forte, seus músculos crescem, mas isso não leva à perda de gordura.
  • Mito #3: Uma barriga lisa pode ser obtida apenas com condicionamento físico. Realidade: Nutrição corresponde a 80% dos resultados.
  • Mito #4: Todo mundo pode ter uma barriga lisa. Realidade: Muitos fatores afetam a aparência da sua região abdominal, como genética, dieta disciplinada e estresse.

Tenha em mente que todos nós temos formas corporais diferentes, e o segredo é saber como aproveitar ao máximo – e abraçar – o que você tem. Pratique o amor próprio, a consideração consigo mesmo e priorize sua saúde e bem-estar em vez de perseguir aquela barriga lisa e elusiva.